Libertadores Futebol Latino 26-04
Foto: Divulgação

Na noite da última segunda-feira, a Conmebol sorteou os confrontos das oitavas de final da Libertadores da América e não terá jogo fácil pra ninguém. Entre os 16 times, três deles são paraguaios, que tentam levar a taça continental para o país que não vem desde 2002.

Leia Mais: Artilheiro na Espanha, uruguaio entra na mira de clubes ingleses
Evson é eleito para a seleção da rodada pela terceira vez seguida na Tailândia

Tricampeão da Liberta, o Olimpia vai encarar a LDU e a sua altitude de Quito. Além disso, o Decano vai reencontrar Pablo Repetto, técnico que já trabalhou no clube recentemente.

“Pegamos um dos confrontos mais complicados que poderia existir na competição. O Repetto nos conhece como poucos e precisamos chegar concentrados para os dois duelos”, afirmou o presidente do Olimpia, Marco Trovato.

Já o Libertad vai encarar o Grêmio mais uma vez. As duas equipes se enfrentaram na fase de grupos e ambos saíram com uma vitória cada.

“O Grêmio é um dos rivais mais duros que poderíamos enfrentar. Nos conhecemos bem devido a fase anterior e agora é colocar as fichas no trabalho da comissão técnica e elenco”, declarou Francisco Giménez Calvo, presidente do Libertad.

Por fim, o Cerro Porteño entra novamente no mata-mata do maior torneio de clubes do continente em busca do inédito título da Libertadores. O rival será o San Lorenzo, que acaba o primeiro semestre em baixa.

“É um adversário bem difícil. A preparação é totalmente diferente e vamos nos reforçar ainda mais para encarar esse desafio”, analisou Raul Zapag, presidente do Cerro Porteño.