um-empate-separa-a-universidad-catolica-do-titulo-chileno-Futebol-Latino-25-11
Foto: Divulgação/Universidad Católica

Na noite de quarta-feira, Universidad Católica e Rosario Central se enfrentam apenas pela 2ª rodada da fase de grupos da Libertadores, mas a partida é decisiva para os ambos. Na estreia, o time chileno foi massacrado pelo Libertad. Já os Canallas ficaram no empate com o Grêmio.

Leia Mais: Vélez Sarsfield anuncia devolução de duas tradicionais bandeiras do clube
Time sul-americano fez proposta para contratar Claudio Bravo

Para o duelo dentro de casa, a Universidad Católica promete uma postura bem diferente da derrota na semana passada. A não reação diante de um placar adverso incomodou a diretoria e principalmente a torcida.

Com esse cenário repleto de pressão, somente uma vitória pode acalmar os ânimos de todos e dar tranquilidade ao já contestado técnico Gustavo Quinteiros.

Se a Católica chega pressionada para o confronto, a situação do Rosario Central é ainda mais conturbada. A equipe Canalla não sabe o que é vencer um jogo desde o dia 27 de novembro de 2018 e tenta quebrar a seca de 13 jogos em uma das partidas mais difíceis do ano.

Na escalação, Paulo Ferrari não vai mexer muito. O comandante quer dar entrosamento aos jogadores e espera uma reação no Chile.

Universidad Católica e Rosario Central se enfrentam a partir das 21h30 (Horário de Brasília) e o Futebol Latino acompanha todas as emoções do confronto.

Prováveis Escalações:

Universidad Católica: Matías Dituro; Raimundo Rebolledo, Benjamín Kuscevic, Valber Huerta, Juan Cornejo; César Fuentes, Luciano Aued; José Pedro Fuenzalida, César Pinares, Edson Puch; Sebastián Sáez. Técnico: Gustavo Quinteros.

Rosario Central: Jeremías Ledesma; Gonzalo Bettini, Oscar Cabezas, Miguel Barbieri e Nahuel Lucero; Leonardo Gil, Fabián Rinauldo, Allione e Jonás Aguirre; Fernando Zampedri e Claudio Riaño. Técnico: Paulo Ferrari.