O Nacional foi ao mercado e trouxe para o seu comando de ataque um nome que já passou pelo futebol sul-americano e pelo clube uruguaio: O centroavante camaronês Pierre Webó.

Leia mais: Chegada de Ricardo Gomes ao Bordeaux anima volante Otávio
Faustino Asprilla se oferece para treinar a Seleção da Colômbia

Atualmente com 36 anos de idade, o atleta fechou com o Bolso em acordo que vale até o final de 2018, podendo o jogador disputar o Clausura do campeonato local bem como a Copa Sul-Americana caso a equipe avance na competição frente ao San Lorenzo.

No que depender do histórico anterior do primo de Samuel Eto’o pelo time de Montevidéu, as expectativas podem ser as melhores. Entre 2000 e 2003, Webó fez 15 gols em 21 partidas vindo do Real de Banjul, equipe da Gâmbia. Depois da boa média de gols e três conquistas do campeonato uruguaio, o atleta rumou ao Leganés, da Espanha.

Porém, a situação de momento é bem diferente, principalmente no aspecto físico. Desde maio sem entrar em campo, época onde esteve na Turquia defendendo o Gazisehir, não se sabe ao certo em que condições o veterano atacante africano estará a disposição do técnico Alexander Medina.