Foto: Divulgação

Artilheiro da Argentina com seis gols marcados nos Jogos Pan-Americanos 2019 e um dos responsáveis pela albiceleste ficar com a medalha de ouro, o atacante Adolfo Gaich terminou a competição em alta.

Leia Mais: Copa Argentina segue “assombrando” equipes da Superliga
Cristóbal Colón faz história e está nas oitavas de final da Copa Paraguai

Com os direitos federativos presos ao San Lorenzo, o garoto entrou na mira de alguns clubes da Europa, que tentam convencer o Ciclón e o staff do jogador de abrir uma negociação.

Apesar de o futuro ser quase certo na Europa, a grande dificuldade é tirar Adolfo Gaich da Argentina. Torcedor declarado do San Lorenzo, o atacante já disse por inúmeras vezes que não quer ir embora antes de gravar o seu nome na história do clube.

Em solo argentino, a expectativa é que o Ciclón pela algo em torno de 8 milhões de euros para liberar o jogador. Os interessados são Betis, da Espanha e Feyernoord, da Holanda.

Quem observa de fora a negociação é o Everton, da Inglaterra. Com a intenção de contratar bons valores da América do Sul que podem render frutos no futuro, Gaich seria uma ótima peça de mercado ao clube.

Lembrando que, no contrato de Adolfo Gaich, a multa está fixada na casa dos US$ 15 milhões, valor que o San Lorenzo aceita conversar para diminuir e vender o atleta.