COMPARTILHE
Foto: Divulgação

Uma grave informação publicada nessa quarta-feira (9) a respeito do jogador mexicano Rafa Márquez resultou em uma suspeita que começa a rondar a até então imaculada trajetória do experiente jogador do Atlas e também da seleção local.

Leia mais: Quarta-feira de decisão na Libertadores e na Copa Sul-Americana; confira os prognósticos
Maradona mais uma vez demonstra apoio ao regime político na Venezuela

Segundo o que foi informado pela agência de notícias internacional AP, o ex-jogador de clubes europeus como Monaco e Barcelona foi acusado pelo governo dos Estados Unidos em conjunto com outras 22 pessoas de ter envolvimento com o narcotráfico.

Ainda não existe uma grande quantidade de dados a respeito do tema, se sabendo apenas que a denúncia também envolve, além dos acusados em pessoa física, um total de outras 42 empresas e que a relação nesse caso de Rafa com o narcotráfico seria de “movimentação de ativos” para o criminoso Raúl Flores.

Dentro da acusação, também é citado que, além do crime supostamente cometido pelo atleta atualmente com 38 anos de idade, Rafa Márquez é classificado como tendo “uma larga relação” com o bandido.