Foto: AFP

Em 2019, a seleção do Chile terá a dura missão de defender o bicampeonato da Copa América e não sabe se terá Reinaldo Rueda. Na premiação dos melhores do ano no futebol local, o treinador deixou sua permanência na Roja em aberto.

Leia Mais: Casa do Boca Juniors, La Bombonera é alvo de ameaça de bomba
Torcida do Boca Juniors promove festa no embarque do time rumo a Madri

O comandante confirmou que bateu um papo com Sebastián Moreno, novo presidente da ANFP, e garantiu que no começo do ano tudo será decidido.

“Eu conversei com ele (Sebastián). Vamos ver o que decidimos. Acredito que não vai demorar muito. Nós teremos seis meses importantes e precisamos ter clareza nos projetos”, afirmou.

Rueda também analisou o nível do futebol chileno e gostou da seleção eleita pela liga: “O torneio é muito equilibrado e grandes jogadores se destacaram. Satisfeito pelo Opaza e Paredes (Colo-Colo) e todos os jogadores que foram vencedores”.

Com Reinaldo Rueda no comando, a seleção chilena já disputou 10 jogos e conquistou quatro vitórias, três empates e três derrotas. O ataque marcou 14 tentos e a defesa levou 11 gols.