Foto: Reprodução/Conmebol

*Por Juliano Rangel

A sequência de confusões do último sábado (24) e os desencontros na tomadas de decisões da Conmebol sobre o palco do segundo jogo da final da Copa Libertadores ao longo da última semana, foram respondidos com a escolha do Estádio Santiago Bernabéu, na Espanha, como o palco, que podemos considerar neutro, para a decisão do torneio.

Leia mais: Real Madrid promove clínica de futebol para crianças e adolescentes no Peru

Depois de 15 meses, Chicharito marca dois gols com a camisa do West Ham

Mas, você sabia que a Copa Libertadores já teve 14 edições decidas com partidas sendo realizadas em campos neutros. O Futebol Latino te apresenta à lista completa dos anos em que esse tipo de decisão aconteceu:

1962

A primeira decisão que foi realizada em três partidas colocou frente a frente o Peñarol e o Santos de Pelé e companhia. Na primeira partida, no Uruguai, o alvinegro praiano venceu por 2 a 1. Já no segundo duelo, a equipe uruguaia levou a melhor com o placar de 3 a 2.

O terceiro e último jogo foi realizado no Estádio Monumental de Nuñez, na Argentina. Com a bola rolando, o Santos conquistou a vitória por 3 a 0 e ficou com a taça. Confira os melhores momentos desta partida:

1965

Protagonizada por Independiente e Penãrol, essa foi segunda edição decidida em campo neutro. No primeiro duelo, realizado no Estádio La Doble Visera, em Avellaneda, a equipe argentina saiu vencedora pelo da 1 a 0, enquanto que no segundo jogo, disputado no Estádio Centenário, em Montevidéu, os uruguaios venceram por 3 a 1.

O duelo decisivo foi realizado no Estádio Nacional, em Santiago, no Chile. Com a bola rolando, o Independiente levou a melhor sobre o Peñarol com o placar de 4 a 1. Reveja os melhores momentos daquela partida:

1966

Disputada entre Peñarol e River Plate, a decisão teve seu primeiro duelo realizado no Estádio Centenário, que foi vencido pela equipe uruguaia com o placar de 2 a 0. No segundo jogo, no Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, os argentinos venceram por 3 a 2.

O jogo de desempate aconteceu no Estádio Nacional, no Chile, e o Peñarol sagrou-se campeão após vencer a partida por 4 a 2. Relembre os gols daquela partida:

1967

Com Racing e Nacional disputando o título, o primeiro duelo foi realizado Estádio Presidente Perón, em Avellaneda, e as duas equipes ficam no empate em 0 a 0. No segundo jogo, disputado no Estádio Centenário, um novo empate em 0 a 0 aconteceu.

O jogo decisivo foi realizado, pelo terceiro ano consecutivo, no Estádio Nacional, no Chile. Com a bola rolando, o Racing levou a melhor com placar de 2 a 1. Confira o resumo da partida:

1968

Estudiantes e Palmeiras disputaram aquela edição em três duelos. No primeiro, realizado no Estádio Jorge Luis Hirschi, em La Plata, a equipe argentina levou a melhor com o placar de 2 a 1. No segundo jogo, disputado no Estádio do Pacambu, em São Paulo, o clube brasileiro venceu por 3 a 1.

O terceiro jogo foi realizado no Estádio Centenário, com o Estudiantes levando a melhor com o placar de 2 a 0. Relembre aquele duelo:

1971

Depois de três anos, a competição teve que ser decida em três, que colocaram frente a frente Estudiantes e Nacional. No primeiro jogo, no Estádio Jorge Luis Hirschi, em La Plata, os argentinos venceram por 1 a 0. No segundo duelo, realizado no Estádio Centenário, os uruguaios conquistaram a vitória por 1 a 0.

No terceiro e último duelo, disputado no Estádio Nacional, em Lima, no Peru, o Nacional sagrou-se campeão com uma vitória por 2 a 0.        

1973

Com Independiente e Colo-Colo disputando a final daquela edição em três jogos, a primeira partida foi realizada no Estádio La Doble Visera, em Avellaneda, e as duas equipes ficam no empate em 1 a 1. O segundo jogo, disputado no Estádio Nacional, no Chile, um novo empate, desta vez em 0 a 0.

O jogo de desempate foi realizado no Estádio Centenário, com o Independiente levando a melhor no tempo normal com o placar de 2 a 1.

1974

São Paulo e Independiente disputaram a final daquela edição, que teve seu primeiro duelo realizado no Estádio do Pacambu. O clube brasileiro venceu com o placar 2 a 1. No segundo jogo, o time argentino venceu por 2 a 0.

O terceiro duelo aconteceu no Estádio Nacional, no Chile, com o Independiente batendo o São Paulo por 1 a 0. Relembre o gol daquela final:

1975

Unión Española e Independiente chegaram a final daquela edição. O primeiro jogo foi realizado no Estádio Nacional, no Chile, e a equipe da casa venceu por 1 a 0. A segunda partida foi disputada no Estádio La Doble Visera, em Avellaneda, e o Independiente venceu por 3 a 1.

O terceiro jogo foi disputado no Estádio Defensores del Chaco, no Paraguai, e os argentinos levaram a melhor sobre os chilenos com o placar de 2 a 0.

1976

A final daquela edição colocou de um lado o Cruzeiro e do outro o River Plate. Na primeira partida disputada no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, a equipe da casa aplicou um goleada de 4 a 1. No segundo jogo, no Estádio Monumental de Nuñez, os argentinos venceram por 2 a 1.

O terceiro duelo foi jogado no Estádio Nacional, no Chile, o e Cruzeiro sagrou-se campeão após vencer o River Plate por 3 a 2. Confira o melhores momentos daquele jogo:

1977

Naquela edição, o Cruzeiro chegou a mais uma final novamente contra um clube argentino. Desta vez, o adversário era o Boca Juniors. No primeiro jogo, no Estádio La Bombonera, a equipe da casa levou a melhor com o placar de 1 a 0. No segundo jogo, no Estádio do Mineirão, o clube brasileiro devolveu o placar de 1 a 0.

A terceira partida foi disputada no Estádio Centenário, em Montevidéu. No tempo normal, as duas equipes ficaram no 0 a 0, enquanto que nos pênaltis o Boca Juniors conquistou a taça após vencer por 5 a 4. Relembre a vitória argentina nas cobranças de pênaltis:

1981

Debutante na competição, o Flamengo enfrentou na final o equipe chilena do Cobreloa. O primeiro jogo, no Maracanã, o clube brasileiro venceu por 2 a 1. A segunda partida, no Estádio Nacional, no Chile, a equipe chilena conquistou a vitória por 1 a 0.

O terceiro duelo foi realizado no Estádio Centenário, em Montevidéu, com o Flamengo vencendo no tempo normal por 2 a 0 e sagrando-se campeão. Reveja o jogo completo:

1985

Argentinos Juniors e América de Cali protagonizaram aquela decisão que contou com três jogos. No primeiro duelo, disputado no Estádio Monumental de Nuñez, o clube argentino venceu por 1 a 0. No segundo, realizado Estádio Olímpico Pascual Guerrero, em Cali, o equipe da casa também venceu por 1 a 0.

O terceiro jogo, disputado no Estádio Defensores del Chaco, as duas equipes ficaram no empate em 1 a 1 no tempo normal. Nos pênaltis, o Argentinos Juniors ficou com o título após vencer por 5 a 4. Relembre os melhores momentos daquela partida:

1987

Última decisão que contou com três jogos, o torneio de 1987 teve em sua final o América de Cali contra o Peñarol. No primeiro duelo, disputado no Estádio Olímpico Pascual Guerrero, em Cali, a equipe da casa venceu por 2 a 0. No segundo jogo, realizado no Estádio Centenário, o clube uruguaio venceu por 2 a 1.

O terceiro duelo foi disputado no Estádio Nacional, no Chile, e o Peñarol ficou com o título após vencer o jogo por 1 a 0. Relembre o gol e os últimos minutos daquela partida: