COMPARTILHE
relembre-os-ultimos-encontros-adversarios-na-sul-americana-parte-2-Futebol-Latino-13-09
Foto: Reprodução/Olé

Depois de mostrar na última segunda-feira como foram os certames de Independiente x Atlético Tucumán e também Cerro Porteño x Junior Barranquilla nos seus últimos embates, temos hoje uma lista ainda mais pomposa de partidas para serem relembradas que acontecerão hoje pela Copa Sul-Americana.

Leia mais: Bolívia é novamente punida pela FIFA e tem problema para as Eliminatórias
Independiente reverte vantagem do Tucumán e avança na Sul-Americana

O destaque vai, essencialmente, para o grande número de encontros entre brasileiros que proporcionará a noite de quarta-feira no segundo torneio mais importante do continente. Encontros esses que, inclusive, não fazem muito tempo que aconteceram por competições nacionais.

Chapecoense x Flamengo

Pela nona rodada do Brasileirão desse ano, em 22 de junho, o jogo que aconteceu na Ilha do Governador parecia se desenhar em uma vitória tranquila do Rubro-Negro com o fato de, em 20 minutos, Diego e Guerrero já terem aberto boa vantagem.

Depois de Victor Ramos diminuir a contagem aos 11 da etapa complementar, a possibilidade dos catarinenses esquentarem o jogo até apareceu, mas a noite de dois dos principais jogadores do plantel carioca era “dos sonhos”. Com mais dois de Guerrero e um de Diego, foi construída a sonora goleada de 5 a 1.

Sport x Ponte Preta

Exatamente em Recife no dia 13 de agosto já de 2017 pela 20ª Rodada do Brasileirão, pernambucanos e campineiros se encontravam em uma partida onde nenhum dos dois times pode comemorar a bola balançando o fundo das redes adversárias.

O time da casa, jogando na Ilha do Retiro, bem que tentou exercer pressão para abrir o marcador, mas o máximo que conseguiu em meio a muitas finalizações erradas foi uma bola no travessão de Diego Souza em cobrança de falta.

Corinthians x Racing

Ao contrário dos outros dois duelos dessa noite da Sul-Americana, o time paulistano já não vê do outro lado os argentinos de Avellaneda há bastante tempo, mais precisamente há 19 anos.

E a lembrança certamente não agrada ao torcedor Alvinegro já que, em 29 de setembro 1998, a Academia conseguiu vencer o Timão por 1 a 0 jogando no El Cilindro em partida válida pelo Grupo C da hoje extinta Copa Mercosul.

Tendo inclusive marcado um dos gols na vitória anterior dos argentinos sobre o Corinthians em pleno Morumbi por 2 a 1, o atacante Villalba voltou a ser o “carrasco” dos brasileiros assinalando o único tento em Avellaneda.