COMPARTILHAR
Foto: AFP

Em meio a várias publicações ao redor do planeta com o tema Copa do Mundo, uma delas chamou a atenção por um aspecto bastante polêmico. Mais precisamente, a forma como a revista espanhola Panenka escolheu para resumir a seleção da Colômbia.

Leia mais: Meia do Uruguai pode desembarcar no Monaco após a Copa
Técnico da Arábia Saudita garante: “Vamos atacar a Rússia”

A publicação mensal na sua edição de junho fez um apanhado de todas as equipes que participaram do Mundial da Rússia e, ao falar sobre os sul-americanos em questão, colocou a seguinte alcunha: “O onze dos Narcos”.

O problema é que a associação não para apenas nesse sentido, mas também criando uma longa narrativa onde comenta sobre o difícil e violento histórico que conta a Colômbia nos tempos do temido Pablo Escobar e outros narcotraficantes do início dos anos 90.

Para se ter ideia da diferença de trato com outro selecionado latino, por exemplo, o apelido dado ao Uruguai nesse mesmo compilado foi “O Onze dos Escritores”. Ou mesmo com a seleção do Japão e “O Onze dos Mangas”, citando as famosas revistas com personagens infanto-juvenis japoneses Goku e Naruto.