alianza-lima-elimina-melgar-nos-penaltis-e-vai-a-decisao-do-descentralizado-Futebol-Latino-07-12
Foto: Francisco Neyra

*Por Mônica Alvernaz

Apesar de garantido na fase de grupos da Libertadores, o Alianza Lima mantém o foco para chegar com força total na competição. Participante do grupo A, o time terá duros adversários logo no início do torneio.

Leia mais: Quase 9 milhões de latinos assistiram a torneios europeus pela internet
Neymar Jr. assume papel de super-herói em quadrinhos ‘Inked’

Para conseguir fazer bons jogos diante de River e Internacional, já garantidos no grupo da equipe peruana para a primeira fase da competição, o Alianza Lima já definiu a provável equipe titular para a Libertadores.

Dentre os confirmados, está Pedro Gallese, que teve seu nome confirmado na equipe peruana na última quinta-feira e, nos próximos dias, se juntará ao grupo para iniciar as atividades com os demais companheiros.

Nas demais posições, jogadores que já fazem parte do elenco e são considerados como força total para a equipe. Nas laterais, Aldair Salazar e Anthony Rossel, que serão acompanhados pelos zagueiros Gonzalo Godoy e Hansell Riojas.

Para o meio campo, o técnico Miguel Ángel Russo deve optar por:  Rinaldo Cruzado, Tomás Costa, Carlos Beltrán, Aldair Fuentes e Wilder Cartagena. Até o momento, para o ataque do Alianza Lima, Joazhiño Arroé e Kevin Quevedo ficam com as vagas na frente.

Apesar de praticamente definido, a parte da frente da equipe peruana ainda pode sofrer alterações, já que nomes como José Manzaneda, Felipe Rodríguez e Mauricio Affonso ainda estão na disputa por uma vaga.

Além de Internacional e River Plate como adversários já definidos, o Alianza Lima aguarda, junto aos demais, a definição do quarto participante do grupo. A última vaga ficará com uma das seguintes equipes: Palestino, Talleres, São Paulo e Independiente Medellín.