COMPARTILHAR
Foto: Ricardo Correa

Rival do Palmeiras nesta quarta-feira pela Libertadores da América, o Boca Juniors é um dos clubes mais temidos do continente. Além da sua tradição, o time conta com a mística da La Bombonera, que o ajuda a crescer nos momentos decisivos e conquistar títulos dentro de casa.

Leia Mais: Hernán Barcos se torna o maior artilheiro da Copa Sul-Americana
Sem fator altitude, Blooming e Bahia jogam pela Sul-Americana na Bolívia

Conhecido pela torcida brasileira por conta das conquistas continentais, principalmente na década de 2000, o Boca Juniors tem vantagens no confronto direto contra equipes do Brasil. no total, foram 34 vitórias, 22 derrotas e 25 empates.

O Verdão, adversário desta noite, é um dos clubes que mais encarou o Boca Juniors e nos oito jogos válidos por competições internacionais, a estatística é equilibrada com uma vitória argentina, duas brasileiras e seis empates. Vale lembrar, que um dos empates terminou com o título argentino da Libertadores de 2000.

O último duelo entre os dois foi em amistoso no ano de 2010. Dentro do antigo Palestra Itália, o Boca venceu o Verdão por 2 a 0. Relembre o confronto: