*Equipe Odds Shark

O River Plate vai para o tudo ou nada. A torcida dos Millonarios está confiante, abraçou a agremiação, esgotou os ingressos e os jogadores tentarão a todo custo reverter a vexaminosa derrota por 3 a 0 para o Jorge Wilstermann na semana passada. O problema é que do outro lá está um bom quadro boliviano, que tem atuado bem e que eliminou o Palmeiras nas oitavas de final. Confira abaixo estatísticas palpites e prognósticos, segundo o Oddsshark.com.

Leia Mais: Titular do Internacional não terá condições de viajar a Pernambuco
Como a imprensa latina repercutiu a classificação dos algozes brasileiros

Histórico

River Plate e Jorge Wilstermann já se cruzaram em quatro oportunidades ao longo da história. Os argentinos ganharam duas, perderam uma e aconteceu um empate.

Considerando apenas pelejas entre River Plate e bolivianos pela Taça Libertadores da América, no Monumental de Núñez, os alvirrubros ganharam treze dos catorze encontros e aconteceu uma igualdade. As cinco maiores goleadas do River pela competição aconteceram neste palco contra representações do país de Evo Morales. A maior delas foi em 1970, contra o Universitário de Sucre: 9 a 0.

O Barcelona virou contra o Paris Saint-Germain

Normalmente, quando se perde por 3 a 0, ainda mais contra um adversário sem a mesma tradição que sua equipe, a torcida protesta, a delegação fica de cabeça baixa e desanimada, uma crise estoura, a imprensa critica, etc. O revés diante do Jorge Wilstermann teve o efeito contrário. A nação esgotou os ingressos, vestiu a camisa branca com a faixa vermelha durante todo o fim de semana e agendou pelas redes sociais uma grande concentração ao redor do Monumental de Núñez uma hora e quinze minutos antes da bola rolar. Além disso, ex-atletas gravaram depoimentos de incentivo e até o presidente Rodolfo d’Onofrio se manifestou: ”tenho certeza que teremos pelo menos dez chances para marcar os gols”.

Tudo é possível no futebol, como vimos no primeiro semestre a espetacular virada do Barcelona sobre o PSG pela Champions League: de 0 a 4 para 6 a 1.

Como já vimos acima, o histórico de enfrentamentos entre River Plate e representações bolivianas é amplamente favorável aos locais. Mesmo assim, o triplete sofrido em Cochabamba fez a cotação do River despencar nas casas de apostas. Ele agora é o quinto melhor apontado para ficar com o título. Se você acredita na volta por cima dos Millonarios, aposte também no outrights, pois se os portenhos saírem desse sufoco, dificilmente perderão a taça. Atenção: paga-se R$ 10 / um!

Ao ataque

O treinador Roberto Mosquera armou sua esquadra para jogar ofensivamente por dois motivos: foi assim que ganhou dos argentinos em sua casa; e porque é desta forma que os Aviadores sabem jogar.

Os bolivianos terão uma presença de público importante em Buenos Aires. Além dos residentes no país vizinho, cinquenta ônibus saíram de Cochabamba para a capital argentina na segunda-feira.

Possíveis escalações

River Plate: Lux; Jorge Moreira, Maidana, Pinola e Casco; Enzo Pérez, Ponzio, Ignacio Fernández e Pity Martínez; Rafael Borré e Scocco. Técnico: Marcelo Gallardo.

Jorge Wilstermann: Olivares; Jorge Ortiz, Zenteno, Alex Silva e Aponte; Saucedo, Cristhian Machado, Bergese e Cristian Chávez; Serginho e Gilbert Álvarez. Técnico: Roberto Mosquera.

Serviço

Não há mais ingressos! Apesar da derrota humilhante no primeiro capítulo da eliminatória, o público fez fila desde cedo na sexta-feira para comprar os bilhetes que acabaram no sábado. Eles custavam entre ARS 300 e ARS 900, fazendo com que os Millonarios arrecadassem cerca de ARS 24 milhões.

Palpite

O River Plate é mais habilidoso, tem mais qualidade. Acredito que os três pontos fiquem com os locais. Se jogar com inteligência, dificilmente os visitantes perdem por três ou mais tentos de diferença. Por isso penso eu que o resultado final será de River Plate 2 a 0 e fico satisfeito com meus 23% de lucro. A zebra das alturas está cotada em R$ 11,61 / um e o empate gera R$ 5,94 / um.

Outrights

Eis as cotações para ser campeão para quem gosta de investir a longo prazo, segundo o Oddsshark.com.
1ºGrêmio – R$ 4,50 / um.
1ºSan Lorenzo – R$ 4,50 / um.
1ºSantos – R$ 4,50 / um.
4º Jorge Wilstermann – R$ 7,00 / um.
5º River Plate – R$ 10,00 / um.
6º Botafogo – R$ 11,00 / um.
7º Barcelona – R$ 13,00 / um.
8ºLanús – R$ 17,00 / um.

Outras possibilidades de apostas (segundo o Oddsshark.com):
Placar exato: 0 a 0: R$ 16,50 / um.
Placar exato: Jorge Wilstermann 3 a 0: R$ 216,25 / um.
Placar exato: River Plate 4 a 0: R$ 10,88 / um.
Hipótese dupla: Jorge Wilstermann ou empate: R$ 3,90 para um.
Hipótese dupla: River Plate ou empate: R$ 1,03 para um.
Hipótese dupla: um vencedor: R$ 1,07 para um.
Intervalo / Final do jogo: Empate – Jorge Wilstermann: R$ 23,25 / um.
Intervalo / Final do jogo: Jorge Wilstermann – River Plate: R$ 22,00 / um.
Intervalo / Final do jogo: River Plate – Jorge Wilstermann: R$ 95,50 / um.
Intervalo / Final do jogo: Empate – River Plate: R$ 3,99 / um.
Ambas as equipes marcam gols? Sim, R$ 2,05 / um; ou não R$ 1,70 / um.
Teremos mais de 2,5 gols no jogo? Sim, R$ 1,53 / um; ou não R$ 2,45 / um.
Teremos mais de 3,5 gols no jogo? Sim, R$ 2,31 / um; ou não R$ 1,56 / um.
Empate anula aposta: Jorge Wilstermann R$ 8,50 / um; River Plate R$ 1,07 / um.

Leia mais em Futebol Latino.

Quartas de final, jogos de Volta:

Quarta-feira, 20 de setembro:
Grêmio 1×0 Botafogo (R$ 1,82)
Santos 0x1 Barcelona (R$ 5,19)

Quinta-feira, 21 de setembro:
19h15: (R$ 1,23) River Plate x Jorge Wilstermann (R$ 11,61) (Empate R$ 5,94)
21h45: (R$ 2,61) Lanús x San Lorenzo (R$ 3,00) (Empate R$ 2,91)