SHARE
River-Plate-Melgar-Libertadores-Futebol-Latino-13-04
Foto: Arte Futebol Latino

*Alex Dias de Souza

Em um jogo eletrizante, no Monumental de Nuñez, o River Plate saiu atrás no placar,  se impôs e venceu os peruanos do Melgar por 4 a 2 nesta quinta-feira em jogo válido pela rodada do Grupo 3 da Libertadores.  Apesar da vantagem de dois gols, o River teve muitos problemas defensivos e chegou a ser dominado no início da primeira etapa.

Leia mais: Sem dificuldade, River Plate vence Independiente de Medellín fora de casa

Jogando em casa, Melgar vence o Emelec na estreia da Libertadores

Mesmo assim, os Millionarios  se recuperaram  ainda no primeiro tempo e conseguiram superar o nervosismo para vencer o jogo graças a ótima atuação do quarteto Lucas Fernández, Ignácio Fernádez, Pity Martínez e Driussi.

Com o triunfo, o River é o único do Grupo 3 com duas vitórias em dois jogos e termina como líder na rodada, com seis pontos, já que no outro jogo da chave, o Emelec venceu o Independiente de Medellín por 1 a 0.


O jogo

O time argentino começou perdido no jogo. No início não trocava passes, abusava dos chutões para frente, perdia a bola com facilidade e permitia as jogadas de infiltração do Melgar, que começou o jogo com tudo e foi pra cima do River Plate no Monumental de Nuñez.

E logo aos 4 minutos surpreendeu os donos da casa ao fazer o primeiro gol do jogo. Após uma falha da defesa do River, Fernández recebeu um lançamento, dominou e lançou Herrera por cima. Jogando em linha, os defensores permetiram a infiltração do atacante que tocou na saída de Batalla.

O gol dos peruanos acordou o River Plate, que colocou a bola no chão e criou boas jogadas até que aos 17 minutos, após cobrança de escanteio da direita, Maidana ajeitou para Casco que chutou cruzado, e viu Ignacio Fernández aparecer para triscar na bola e empatar o jogo.

O terceiro gol do jogo veio aos 22 minutos através de outro escanteio. Pity Martínez mandou a bola na entrada da área Lucas Martínez desviou de cabeça e Driussi desviou a bola para o fundo da rede para fazer o gol da virada dos millonarios.

O River não teve muito tempo para comemorar o gol da virada. Três minutos depois, o Melgar se aproveitou da fragilidade do lado esquerdo da defesa do River. Aguirre novamente foi lançado nas costas de Casco, foi com velocidade até a linha de fundo e cruzou para Herrera, que dominou e mandou para o fundo das redes para igualar o placar outra vez.

O River não sentiu o gol de empate e ficou novamente na frente. Pity Martínez cobrou outro escanteio, a defesa afastou, e a bola sobrou para ele outra vez, que cruzou e viu Lucas Martínez, virar uma meia bicicleta e marcar um golaço.

Depois do terceiro gol, o River Plate adotou uma postura totalmente diferente daquela do início do jogo. Com a bola no chão, o time trocou passes e criava belas jogadas. O time do Melgar que começou muito bem nos primeiros minutos, depois acabou sentindo os gols e acabou sendo envolvido pelo donos da casa que foram para o intervalo com a vantagem no placar.
Segundo tempo

Apesar de ceder espaços para os peruanos, o River voltou para a segunda etapa da mesma forma como terminou o primeiro tempo, trocando passes e atacando em bloco.

Aos 9 minutos, depois outra cobrança de escanteio, quase veio o quarto gol dos argentinos. Em jogada ensaiada, bola foi lançada até a intermediária, Rojas tocou de cabeça para  Maidana pela direita, o zagueiro também cabeceou para o meio da área, e Driussi por pouco não finalizou para o gol de Penny, que ficou com a bola e fez a defesa.

Os argentinos não se acomodaram com a vantagem no placar e seguiam pressionando o adversário. O Melgar que já não estava tão bem como na primeira etapa, conseguiu segurar o ímpeto do River por alguns minutos e tentou criar jogadas pelo lado direito do seu ataque, mas sempre com pouca efetividade.

 

Aos 22 o River ampliou. Pity Martínez recebeu no meio, tocou para Ignacion Fernández, que deu um belo passe em profundidade para Driussi na direita. Livre, o atacante fuzilou de primeira e marcou o seu segundo gol na noite e o quarto do River Plate.

Já entregue no jogo, a defesa do Melgar quase viu o quinto gol ao errar um passe na saída de bola. Na sequência, Driussi roubou, cortou para o meio e soltou uma bomba para Penny espalmar e fazer uma bela defesa.

Mesmo com o jogo totalmente contralado, os Millionarios continuavam tentando ampliar o placar. E no fim do jogo quase fez mais um com Mora, que recebeu pela direita e arriscou um chute cruzado, mas Penny espalmou para o lado.

Com o apito final, o River garantiu a vitória e a liderança isolada do Grupo 3 ao somar 6 pontos em dois jogos.