COMPARTILHE
Foto: USA Today Images

*Por Tiago Emanuel – Colaborador do Futebol Latino

O atacante Robbie Keane anunciou na noite de quinta-feira sua saída do Los Angeles Galaxy. O atleta de 36 anos chegou ao time em 2011 e ganhou os campeonatos nacionais de 2011, 2012 e 2014. Além dos títulos, foi eleito melhor jogador da temporada em 2014. Keane é muito querido pelos torcedores e dirigentes californianos: “Ele foi a contratação internacional mais bem-sucedida da história da MLS”, disse Bruce Arena, técnico do Galaxy.

Leia Mais: Clássico na semifinal da Copa do Chile não terá torcida visitante
Especulado em outros clubes, Herrera afirma que não pretende deixar o Porto

O futuro profissional de Robbie Keane ainda não está definido, mas certo é que ele segue como atleta profissional: “Sinto-me bem e em forma como sempre estive e estou ansioso para minha próxima aventura. Encerrei minha carreira na seleção irlandesa, então vou focar tudo no meu último desafio profissional”, afirmou o atacante em comunicado oficial. A última atuação de Keane pela seleção foi na Euro 2016, quando The Green Army foi eliminado pela França nas quartas.

Apesar de irlandês, Keane é reconhecido mundialmente por suas atuações no Tottenham. Na equipe londrina atuou por sete temporadas, marcando quase 100 gols. Pelo LA Galaxy foram 146 partidas, 92 gols e 51 assistências. Keane é o maior goleador da seleção irlandesa, com 68 gols anotados em 18 anos de serviço.

Na sequência do encerramento de vínculo com Steven Gerrard, o Galaxy perdeu outra de suas estrelas. Os europeus eram Designated Players (DP) na equipe, isto é, recebiam salário superior ao teto da liga. Com a saída de ambos, espera-se uma feroz investida dos dirigentes da equipe para a próxima temporada. Os nomes mais representativos da equipe agora são o mexicano Giovani dos Santos (DP) e o inglês Ashley Cole. Landon Donovan, que jogou a parte final desta temporada na equipe, ainda não é certeza para 2017.