COMPARTILHE

*Alex Dias de Souza

Com uma atuação pouco inspirada, o São Paulo acabou ficando de fora da Copa Sul-Americana. Na noite desta quinta-feira, o tricolor empatou em casa com os argentinos do Defensa y Justicia por 1 a 1 e deu adeus ao torneio.

Leia mais: Adversário do São Paulo na Sul-Americana pode perder treinador para uma seleção

Defensa y Justicia e São Paulo ficam no zero pela Sul-Americana

Como o jogo de ida disputado na Argentina terminou empatado por 0 a 0, o São Paulo tinha a obrigação de vencer ou evitar um empate com gols para seguir adiante. E com 5 minutos de jogo, o gol marcado pelo volante Thiago Mendes deu a entender que o tricolor teria uma vida mais fácil no duelo.

Porém, a tranquilidade dos torcedores durou pouco e o início do pesadelo veio aos 10 minutos do primeiro tempo com Castellani, que aproveitou a falha de Lucão para deixar tudo igual no marcador.

A situação ficou ainda mais complicada para os paulistas quando o Defensa y Justicia abriu mão do ataque para jogar na marcação no meio-campo tirando os espaços do São Paulo.

O time do Morumbi não se encontrou no jogo e só se salvou da derrota graças às boas defesas de Renan Ribeiro. O apito final aos 50 minutos deu fim à participação do São Paulo, que foi eliminado da Copa Sul-Americana em pleno estádio do Morumbi em um empate histórico para os argentinos.

  • Diogo Belart

    São Paulo foi engolido taticamente