SHARE
se-espelhando-em-brasileira-deyna-castellanos-vive-grande-expectativa-Futebol-Latino-23-10
Foto: Reprodução/Twitter

Na tarde dessa segunda-feira (23) em Londres, na Inglaterra, serão anunciados os vencedores das categorias que compõem o prêmio The Best, organizado pela FIFA desde o ano passado em substituição ao antigo Ballon D’Or.

Leia mais: Pelé 77 anos: Homenagens, depoimento contundente e filme “Made in USA”
San Jose Earthquakes pega a última vaga dos Playoffs da MLS

Concorrendo em duas categorias (Melhor Jogadora do Mundo e o Prêmio Puskas) mesmo com a pouca idade, a venezuelana Deyna Castellanos não escondeu a mistura de sensações em participar dessa honraria do futebol mundial aos 18 anos de idade.

“Estou mais emocionada que nervosa, mas espero esse momento com muita gana”, relatou Deyna ao periódico espanhol AS.

Na mesma entrevista, a jovem que atua nos Estados Unidos com a camisa do Santa Clarita Blue Heat destacou que a sua evolução e o reconhecimento estão vindo de uma forma muito rápida:

“Tudo está acontecendo de uma forma muito rápida. Podemos dizer que tudo está ocorrendo de forma muito precoce, mas estou aproveitando muito. Aproveito todas as oportunidades que o futebol me brinda. Se Deus permitir, creio que terei uma carreira muito exitosa, mas preciso queimar etapas e desfrutar o momento.”

Apesar de não ser muito adepta a uma comparação direta, Deyna Castellanos assumiu que a atleta brasileira Marta, vencedora cinco vezes da Bola de Ouro da FIFA, é seu espelho no esporte:

“Bom… eu quero ser a Deyna. Marta é o meu principal exemplo, gostaria de ter uma carreira como a sua. Gostaria de ser como ela. É a primeira mulher que vi jogando em um nível tão alto e trabalho para parecer com ela. Gostaria de ganhar tudo o que ela ganhou e trabalho todos os dias com esse objetivo na cabeça.”