COMPARTILHE
Fonte: Thomas Floyd

*Por Tiago Emanuel

No domingo (27) foi definido o campeão da Conferência Oeste e, consequentemente, o primeiro finalista da MLS: o Seattle Sounders voltou a vencer o Colorado Rapids e sagrou-se campeão do Oeste. É a primeira vez que a equipe do estado de Washington vence os playoffs de conferência e passa à final da competição.

Leia mais:

Sem Libertadores, Liga MX e MLS pretendem criar uma nova competição

Costa Rica aplica goleada impiedosa nos Estados Unidos

O Sounders já havia derrotado a equipe do Rapids na partida de ida da final. O 2×1 em casa, porém, não dava segurança e o time precisou demonstrar habilidade em Denver. A alegria em Seattle confirmou-se quando o jovem atacante Jordan Morris, 22 anos, marcou o único gol da partida aos 11 do segundo tempo.

A final da MLS será no dia 10 de dezembro, contra Montreal Impact ou Toronto FC. Os canadenses definem na quarta-feira o campeão da Conferência Leste. Na primeira perna da final o Impact impressionou e abriu 3×0 em casa, mas viu o elenco estrelado de Toronto FC diminuir a diferença do marcador. O resultado final de 3×2 adiou a decisão para Toronto.

Contra Montreal ou Toronto, fato é que o Sounders possui 11 atletas latinos e caribenhos em seu elenco. Dos titulares contra o Rapids no domingo, 6 destes jogadores foram titulares. Na defesa, o lateral-direito jamaicano Tyrone Mears teve a companhia do zagueiro panamenho Román Torres e do lateral-esquerdo trinitino Joevin Jones.

No meio campo, o combativo volante cubano Osvaldo Alonso tem como companheiro o astro e camisa 10 da companhia, Nicolás Lodeiro. O uruguaio, que tem passagens por Ajax, Botafogo e Corinthians, estava no Boca Juniors antes de chegar ao Sounders. Por último, no ataque, o paraguaio Nelson Haedo Valdez. Os dois sul-americanos são Designated Players no Sounders.

Além destes seis, ainda fazem parte do elenco principal do Seattle os seguintes latinos e caribenhos: Álvaro Fernández (meia, Uruguai), Tony Alfaro (defensor, México), Damion Lowe (defensor, Jamaica), Oalex Anderson (atacante, São Vicente e Granadinas) e Oniel Fisher (volante, Jamaica).