Foto: Divulgação

Rigorosamente a metade das seleções que irão participar da Copa América a ser realizada no Brasil entre 15 de junho e 7 de julho optaram por divulgar os nomes referentes a pré-lista: Argentina, Bolívia, Colômbia, Peru, Paraguai e Venezuela.

Leia mais: Lionel Scaloni divulga pré-lista da Argentina para a Copa América
Millonarios e Deportivo Pasto vencem no Quadrangular do Campeonato Colombiano

A primeira equipe que optou por fazer esse tipo de divulgação foi a Vinotinto, incluindo 40 nomes em um momento inicial que, obrigatoriamente, precisarão ser transformados nos 23 inscritos que são permitidos pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) para o certame.

Nomes familiares para o público brasileiro estão presentes nessa relação, casos dos meias Luis Manuel Seijas (ex-Internacional e Chapecoense), Romulo Otero (ex-Atlético-MG) e Yeferson Soteldo, atualmente no Santos.

Com isso, Brasil, Chile, Equador e Uruguai além dos convidados asiáticos Catar e Japão preferiram o direito do “anonimato” das pré-convocações, se limitando a informar somente os nomes da chamada convocação final.

Pensando nesse aspecto, apenas duas dessas confederações já confirmaram datas para fazer os respectivos anúncios. Enquanto a Seleção Brasileira informará nessa sexta-feira (17), a Federação Equatoriana de Futebol (FEF) divulgou em suas redes sociais que a relação de convocados será informada na próxima segunda-feira (20).