Foto: Divulgação

Fim do mistério. Neste sábado, a seleção da Bolívia anunciou a chegada do técnico Cesar Farías, que terá a missão de ajudar na reestruturação do futebol local e brigar por uma vaga na Copa do Mundo do Qatar 2022.

Leia Mais: Atlas e Monarcas abrem a 8ª da Liga MX com vitória
San José e Royal Pari vencem na 10ª rodada do Clausura Boliviano

A chegada de Farías surpreendeu muita gente, pois a expectativa no país era que um comandante argentino fosse o escolhido. Os nomes de Hernán Crespo e Ariel Holan eram os mais cotados.

Esta não é a primeira passagem do venezuelano pela Bolívia. Após comandar o The Strongest por dois anos, Cesar Farías ficou de maneira interina na seleção entre 2018 e 2019, mas deixou o cargo antes da Copa América.

A primeira competição de Farías pela ‘La Verde’ acontece em 2020, quando terá a Copa América pela frente. Na sequência, o maior desafio será as Eliminatórias Sul-Americanas do Mundial 2022.

Confira a carreira de Cesar Farías:

Nueva Cadiz (1993 e 1999), Zulianos (1999 e 2002), Trujillanos (2002 e 2003), Deportivo Táchira (2003-2004), Mineros de Guayana (2004-2005), Deportivo Anzoategui (2005-2007), Seleção Venezuelana (2007-2013), Tijuana (2013-2014), NorthEast United de la India (2015), Cerro Porteño (2016), The Strongest (2016-2018) e Seleção Boliviana (2018-2019).