COMPARTILHE
''analise-fl-chile-crescimento-competicao-pediu-Futebol-Latino-27-06
Foto: Reprodução/ogol

*Por Mônica Alvernaz

Com o ano acabando, as equipes estão voltadas para a preparação da próxima temporada. Para algumas seleções, logo em janeiro uma competição irá agitar o calendário.

Leia mais: Mercado da Bola: Chelsea pode levar Chicharito Hernández
Zagueiro peruano já é tratado como reforço do Emelec mesmo sem oficialização

No dia 10 do primeiro mês de 2017, a China Cup terá início. A competição envolverá quatro seleções: China, Islândia, Croácia e Chile.

Visando um bom desempenho na primeira competição do ano, a seleção chilena iniciou nesta quarta (28) as preparações para a China Cup.

Logo no início da preparação para o inédito torneio, uma má notícia para a seleção chilena. O atacante Esteban Paredes e o zagueiro Gonzalo Jara estão fora por lesão.

De acordo com o portal da Conmebol, o atacante sofreu uma lesão no bíceps femoral esquerdo, enquanto o zagueiro tem um machucado no pé esquerdo.

Com os lesionados, a seleção comandada pelo técnico Juan Antonio Pizzi contará com 21 convocados. Alguns nomes constantes na seleção do Chile estão de fora. É o caso de Alexis Sánchez e Arturo Vidal.

Isso porque o técnico da seleção chilena optou por convocar jogadores que não costumam ser chamados para as partidas das Eliminatórias da Copa 2018.

O torneio terá duração de 5 dias, com início no dia 10 e partida final no dia 15 de janeiro. As partidas ocorrerão no Estádio Guanxi Sports Center, que tem capacidade para 60.000 pessoas.

O primeiro confronto do Chile é diante da Croácia, no dia 11 de janeiro às 19h30. Se ganhar, a seleção chilena enfrenta o vitorioso do confronto entre China e Islândia no dia 15 de janeiro às 15h30.

COMPARTILHE
A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.