SHARE
arce-apresenta-lista-estrangeiros-duelos-peru-bolivia-futebol-latino-25-10
Foto: Divulgação/AFP

Em situação complicada nas Eliminatórias, o técnico Francisco Arce, do Paraguai anunciou a lista dos convocados para defender a seleção nos jogos contra Equador e Brasil, nos dias 23 e 28 de março.

Leia Mais: Brasil também terá desfalques para os próximos compromissos das Eliminatórias
Experiente lateral uruguaio Álvaro Pereira é cortado da convocação por lesão

Entre os selecionados, o comandante chamou nomes de peso para o ataque, como, por exemplo, Cecílio Domínguez, do América, que brilhou na última temporada pelo Cerro Porteño e Haedo Valdez.

Além deles, Arce chamou os irmãos Romero. O atacante Lucas Barrios, que trocou o Palmeiras pelo Grêmio não foi lembrado pelo comandante.

No momento, o Paraguai se encontra em 7° lugar com 15 pontos ganhos. A Argentina que é 5° lugar e no momento pega a última vaga para o Mundial da Rússia está com 19 pontos, ou seja, se a Albirroja sonha com a Copa do Mundo, precisa vencer os dois duelos.

Confira a lista:

Goleiros: Gatito Fernández (Botafogo), Antony Silva (Cerro Porteño-PAR) e Diego Barreto (Olimpia-PAR).

Defensores: Jorge Moreira (River Plate-ARG), Paulo Da Silva (Toluca-MEX), Darío Verón (Pumas-MEX), Gustavo Gómez (Milan-ITA), Juan Patiño (Jaguares-MEX), Júnior Alonso (Lille-FRA), Bruno Valdez e Miguel Samudio (América-MEX).

Meias: Hernán Pérez (Espanyol-ESP), Néstor Ortigoza (San Lorenzo-ARG), Miguel Almirón (Atlanta United-EUA.), Óscar Romero (Alavés-ESP), Juan Manuel Iturbe (Torino-ITA) e Édgar Benítez (Querétaro-MEX) e Víctor Cáceres (Al-Rayyan-QAT), Cristian Riveros e Richard Ortiz (Olímpia-PAR), Marcos Riveros e Rodrigo Rojas (Cerro Porteño-PAR).

Atacantes: Derlis González (Dínamo de Kiev-UCR), Ángel Romero (Corinthians-BRA), Darío Lezcano (Ingolstadt 04-ALE), Federico Santander (Copenhague-DIN), Cecilio Domínguez (América-MEX) e Nelson Valdez (Cerro Porteño-PAR).

  • Marcos Sousa

    Faltou o grande Balbuena! Mas, se bem que ele está machucado… Mas mesmo assim, creio que ele não o tinha convocado… 😉