SHARE
Reprodução: Diez.bo

*Por Mônica Alvernaz

A crise financeira atinge fortemente os clubes da Bolívia. Além do Blooming, o San José também tem problemas para quitar dívidas com seus jogadores, afetando as atividades diárias.

Leia mais: O jejum de gols de Chicharito Hernández na Europa
Ricardo La Volpe não sabe se permanece no América após Mundial

Diante do cenário de crise, a partida entre San José e Blooming na próxima quinta (8) retrata o cenário atual do futebol boliviano. Os dois clubes vem demonstrando dificuldades em cumprir com suas obrigações trabalhistas, por falta de dinheiro.

O último capítulo dessa história, mostra como os jogadores já se demonstram insatisfeitos com a situação. De acordo com o portal Diez.bo, durante treinamento para a próxima partida, os jogadores do San José abandonaram precocemente as atividades.

Segundo o portal boliviano, os atletas estiveram no clube na manhã desta quarta (7), treinaram por apenas 15 minutos. Após isso, os jogadores abandonaram os gramados, devido ao não cumprimento do pagamento dos salários.

O portal Diez.bo ainda destacou a declaração de Ríos, um dos atletas do San José. “Recebemos apenas promessas, nós estamos focados na partida com o Blooming e a diretoria deve se preocupar em pagar a dívida com os jogadores”.

Ainda de acordo com o portal boliviano, alguns jogadores não recebem desde agosto. É o caso de Amílcar Sánchez e Mauricio Baldivieso. Já os demais estão sem receber os meses de setembro, outubro e novembro.

Em meio a crise, o San José receberá o Blooming na próxima quinta (8) às 20 h no Estádio Jesús Bermúdez. O San José é o atual 10º colocado da tabela, com 20 pontos. Já o Blooming é o 6º colocado com 23 pontos.

SHARE

A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.