Foto: Divulgação/Dínamo

A quarta-feira é especial para o torcedor do Athletico-PR. A partir das 21h30 (Horário de Brasília), o Furacão dá o pontapé inicial na luta pelo título da Copa do Brasil contra o Internacional e terá uma torcida direto da Ucrânia.

Leia Mais: Ex-Manchester United passa por situação complicada no Equador e técnico sai em sua defesa
Gigante sul-americano corre o risco de perder o técnico para o Oriente Médio

Revelado pela Catanduvense, o lateral-esquerdo Sidcley teve o seu primeiro destaque nacional com a camisa do Furacão. Na época, o atleta aproveitou a carência no elenco e agarrou com unhas e dentes a oportunidade dada pelo técnico Claudinei Oliveira.

“Muito importante para mim aquele momento onde eu deixei de ser sub-23 para finalmente estar entre os jogadores do elenco principal. O professor Claudinei meu deu uma grande oportunidade, que eu agarrei e não parei mais”, afirmou.

Sobre o momento mágico que o Athletico-PR vive nas últimas temporadas, Sidcley garante que ainda acompanha os passos do time da Arena da Baixada e torce pelo inédito título da Copa do Brasil.

“O Athletico foi responsável pela acessão, honrei demais aquela camisa e só tenho a agradecer ao clube e a torcida por terem me dado essa oportunidade de mostrar meu futebol. Mesmo de longe acompanho o time e sou mais um torcedor nesta final da Copa do Brasil. Acredito que o jogo na Arena é crucial e confio na vitória”, declarou o defensor.

Corinthians

Outro clube que vive na cabeça de Sidcley é o Corinthians. Em 2017, o jogador sagrou-se campeão estadual pelo Timão e considera a conquista uma das mais importantes da sua carreira.

“Foi muito especial passar pelo Corinthians, em pouco tempo eu senti o carinho da torcida, fomos campeão paulistas diante do maior rival e coloco como um dos momentos mais importantes da minha carreira até hoje”.

Atualmente, Sidcley é um dos jogadores mais regulares do Dínamo de Kiev na temporada e disputou 23 partidas, com duas assistências.