COMPARTILHE
simeone-na-guerra-colocamos-os-melhores-soldados-Futebol-Latino-27-04
Foto: Reprodução/Facebook Atlético de Madrid

*Por Rodrigo Sturaro

Em entrevista concedida com exclusividade para o jornal espanhol Marca, o argentino Diego Simeone fez uma retrospectiva dos seus cinco anos no comando do Atlético de Madrid. O técnico também aproveitou para falar sobre o seu futuro na carreira e revelou se permanecerá no clube madrilenho.

Leia mais: Clubes argentinos mandam presente à Chapecoense

Chilavert acusa Conmebol de ser culpada da tragédia com a Chapecoense

“Vai ser difícil encontrar uma equipe melhor que o Atlético no meu futuro como treinador. Mas penso que foi a melhor situação que encontramos para eu continuar no comando. Dizer que vou ficar mais cinco anos por aqui? Cinco anos é muito tempo. Tenho o foco dos próximos dois anos e depois pensarei novamente em renovar”, revelou Simeone.

O argentino também lembrou como foi a primeira conversa entre ele e a diretoria do clube quando foi contratado: “Quando eu cheguei aqui me disseram que o objetivo era terminamos a liga na terceira ou quarta colocação. Porém três anos depois terminamos a competição como campeões”, disse o comandante colchonero, que também lembrou sobre o pior momento vivido por ele no clube.

“O momento mais negativo que passei no clube foi a segunda final da Liga dos Campeões, sem dúvida nenhuma. No entanto, não seria bom para nós continuarmos a remoer aquela derrota. Depois de tudo que passamos, voltamos a ter força e a lutar como sempre fizemos”, concluiu Simeone.