sofremos-mais-do-que-deviamos-reconhece-danilo-fernandes-Futebol-Latino-14-11
Foto: Ricardo Duarte

Se o assunto em questão é o fato do Internacional ter conseguido se garantir na primeira divisão do Campeonato Brasileiro em 2018 mesmo sem jogar um futebol altamente vistoso, o mesmo também passa pela cabeça do goleiro Danilo Fernandes.

Leia mais: Rodrigo Dourado ressalta “conquista do objetivo” e analisa críticas
Costa Rica e Panamá perdem jogando amistosos na Europa

O jogador que veio do Sport para o Colorado no ano passado e esteve presente na confirmação do rebaixamento do clube garantiu que o plantel tinha ciência da dificuldade da temporada, mas não deixa de considerar que o Inter poderia ter feito uma trajetória com menos percalços:

“Sabíamos que seria uma ano muito difícil, pesado pra gente. A torcida cobra porque esse time é campeão mundial, essa camisa é muito pesada e a gente precisa corresponder dentro do campo. A gente sabe que ficou devendo em algumas partidas, o acesso era mais do que obrigação, a gente tem a consciência disso. Sofremos mais do que devíamos. Agora é pensar com a cabeça fria, foi um ano muito cansativo, estressante. Precisamos entrar em 2018 buscando coisas grandes.”

Danilo Fernandes também comentou qual era a sensação de ter passado pelo calvário de 2016 e estar também na retomada a Série A da equipe de Porto Alegre:

“Complicado, sofremos muito no ano passado. Você entrar em 2017 com a obrigação de subir porque era a nossa obrigação, não fizemos mais do que a nossa obrigação, então foi complicado. Tivemos um ano pesado, eu particularmente tive um ano bem estressante. Agora podemos dar uma relaxada. Tem mais dois jogos e vamos terminar da melhor maneira possível esse campeonato.”