COMPARTILHE
Sport-Ponte-Preta-Copa-Sul-Americana-Futebol-Latino-13-09
Foto: Arte Futebol Latino

Sem vencer há seis jogos no Brasileirão, o Sport tirou um pouco da pressão em cima do técnico Vanderlei Luxemburgo ao derrotar a Ponte Preta por 3 a 1. Agora, o Leão pode perder até por um gol de diferença na volta que avança na competição continental. Já a Macaca, precisa vencer por dois gols de diferença. O duelo da volta acontece na próxima semana, em Campinas.

Leia Mais: Vitória busca sequência inédita contra o São Paulo no Brasileirão
“Acreditando até o fim”, brasileiro fala sobre derrubar favoritos na Liga Europa

O jogo

Disposto a fazer um bom resultado dentro de casa, o Sport começou a pressionar a Ponte Preta desde os primeiros minutos, que não conseguia trocar passes. O domínio do leão, aos 9 minutos se transformou em gol, quando Diego Souza, de cabeça, desviou um cruzamento que parou na defesa de Aranha, no rebote o zagueiro Ronaldo Alves mandou para as redes.

Mesmo com a vantagem no placar, o Sport continuava no ataque, enquanto que a Ponte respondia nos contra-ataques. A partir dos 25 minutos, a partida começou a ficar mais pegada e os primeiros cartões para Diego Souza e Durval começaram a ser distribuídos pelo árbitro colombiano Gustavo Murillo.

A primeira etapa já se encaminhava para o fim, quando Rithely, aos 44 minutos, após uma cobrança de escanteio, de cabeça, mandou balançou mais uma vez a rede do goleiro Aranha.

No segundo tempo, a pressão que o Sport havia imposto sobre a Ponte nos primeiros 45 minutos, se transformou em desespero para a equipe de Campinas. Com muitas chances, a macaca segurava o placar se salvando e tirando bolas praticamente em cima da linha do gol.

As diversas tentativas surtiram efeito, aos 30 minutos, quando Raul Prata encontrou o atacante André, dentro da área, que escorou para o gol. A Ponte ainda conseguiu diminuir o placar, aos 37 minutos, após uma cobrança de escanteio, que Felipe Saraiva recebeu e mandou para o gol.

O vencedor deste duelo enfrentará nas quartas de final, Cerro Porteño ou Junior Barraquilla, que empataram o primeiro duelo em 0 a 0, na noite de ontem (12).

FICHA TÉCNICA

SPORT 3 X 1 PONTE PRETA
Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data-Hora: 13/9/2017 – 19h15
Árbitro: Gustavo Murillo (COL)
Auxiliares: Humberto Clavijo (COL) e Wilmar Navarro (COL)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Durval, Diego Souza, Sander(SPO), Danilo Barcelos, Nino Paraíba, Fernando Bob (PON)
Cartões vermelhos: –
Gols: Ronaldo Alves (07’/1ºT) Rithely (44’/1ºT), André (30’/1ºT) Felipe Saraiva (37’/2ºT)

SPORT: Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Durval e Sander; Patrick, Rithely e Diego Souza; Lenis (Rogério, aos 22/2ºT), Mena e André (Anselmo, aos 43/2ºT). Técnico. Vanderlei Luxemburgo.
PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Naldo, Fernando Bob e Elton (Renato Cajá, aos 0/2ºT); Felipe Saraiva, Léo Gamalho e Lucca (Jeferson, aos 20/2ºT). Técnico: Gilson Kleina.