COMPARTILHE
sporting-cristal-tem-venda-especulada-para-dois-conglomerados-empresariais-mexicanos-Futebol-Latino-11-05
Foto: Andina

Em meio a temporada no futebol peruano e também na Copa Libertadores, o Sporting Cristal vive uma situação administrativa de incerteza com relação a quem “dá as cartas” no clube. Isso porque, na última terça-feira (9), informações de uma possível venda do clube de Lima movimentaram torcedores e os bastidores da equipe.

Leia mais: Fluminense é derrotado, mas garante classificação na Sul-Americana
Corinthians bate Universidad de Chile novamente e avança na Sul-Americana

Os dados a respeito dessa informação foram tão precisos que dois conglomerados de empresas foram apontados como os principais interessados na aquisição: O Grupo Omnilife-Chivas (administrador do Chivas Guadalajara) e o Grupo Tigres (administrador do Tigres de Monterrey).

Fundado em 1955 a partir do desejo de uma empresa cervejeira que inclusive complementa o nome do clube (Cristal) e até hoje controlado pela Backus, foi justamente a atual administradora da equipe de La Florida quem se posicionou sobre as especulações.

Em um comunicado emitido pela companhia e que foi divulgado pelo periódico inca El Comercio, foram descartadas quaisquer tipo de ofertas existentes no momento, porém, as portas não foram de todo fechadas para possíveis negociações futuras:

“Nesse momento não está sendo avaliada nenhuma proposta de venda do Club Sporting Cristal nem existe acordo com nenhum empresário ou grupo empresarial. Ao longo dos anos, recebemos propostas de diversos grupos interessados em adquirir o Club Sporting Cristal. Supondo que a Cervejaria receba uma proposta de algum grupo interessado que garanta e potencialize o crescimento do clube como instituição, essa será avaliada sob os processos internos da companhia.”