Foto: Twitter Seleção Chilena

No encerramento do Grupo A, o Chile decepcionou diante da Bolívia e ficou no empate por 1 a 1. O gol da Roja saiu através de Lucas Alárcon e a seleção boliviana marcou com Vaca.

Leia Mais: Venezuela, com um a menos, supera Colômbia na estreia do Sul-Americano Sub-20
Ainda sem renovar, Antonio Valencia quer ficar no Manchester United

Na próxima rodada, o Chile mede forças com a Venezuela, no sábado. Enquanto isso, a Bolívia folga.

O jogo

As duas seleções ainda se estudavam quando a Bolívia abriu o placar. Aos 5 minutos, García desceu em velocidade pela direita e achou Vaca. O camisa 10 pegou de primeira e venceu o goleiro, 1 a 0.

O gol abalou o Chile, que demonstrou inúmeras dificuldades em furar a marcação rival. Apesar dos erros de posicionamento boliviano, o time não conseguia assustar.

Em dois momentos de brilho indiviudal, Villanueva deixou a roja muito perto do empate. No primeiro lance, o atacante deu um chapéu no rival e bateu em cima do goleiro. Na segunda, o atacante ganhou do zagueiro na dividida, mas bateu prensado com Jairo Cuellar e a bola foi para fora.

Nos minutos finais, a Bolívia resolveu arriscar e quase ampliou. Após cruzamento da esquerda, García escorou e Ruffino pegou de primeira. A bola triscou a trave e saiu pela linha de fundo.

Assim como na etapa inicial, o primeiro lance de perigo foi boliviano. Novamente pela direita, García deixou o companheiro na cara do gol, porém, Terrazas floi bloqueado na hora do chute e a bola saiu pela linha de fundo.

Sem criatividade na armação, o jeito para buscar o empate na bola aérea. Após cobrança de falta ensaiada, Lucas Alarcón cabeceou para o fundo das redes e levantou a torcida.

Apesar do empate, a seleção chilena não conseguiu impor seu ritmo e quase nenhuma chance era criada. Por outro lado, a Bolívia apostava na velocidade de García, que deixava seus companheiros em ótimas condições, mas eles não davam sequência.

No fim, o empate frustrou a torcida chilena que compareceu em peso e viu a Roja sem inspiração.