tecnico-do-penarol-avaliou-fluminense-como-superior-em-qualidade-ao-flamengo-Futebol-Latino-24-07
Foto: Dante Fernandez /FocoUy

No meio do furacão após a derrota no clássico diante do Nacional, o técnico do Peñarol, Diego López, demonstrou fidelidade ao time carbonero e recusou uma oferta para trabalhar no futebol do Qatar.

Leia Mais: River Plate abre venda de ingressos para semifinal da Libertadores
Atraso salarial pode fazer equipe “melar” amistoso com Sub-23 da Bolívia

De acordo com a mídia local, o treinador acredita que pode recuperar o seu prestígio dentro do clube e conduzir o carbonero a mais um título uruguaio no fim do ano.

Apesar do carinho pelo Peñarol, a diretoria do clube não sabe se vai permanecer com Diego López. Mesmo com o título nacional conquistado na temporada passada, as eliminações na Libertadores e Sul-Americana pesam na hora da avaliação.

O seu contrato encerra em dezembro e, até o momento, a diretoria do Peñarol não o procurou para renovar o contrato.
Desde a sua chegada, Diego López dirigiu o time carbonero em 50 partidas, com 25 triunfos, 14 empates e 11 derrotas.