miguel-angel-russo-pode-continuar-seu-tratamento-na-argentina-Futebol-Latino-27-02
Foto: Colprensa

*Por Mônica Alvernaz

Um dos grupos mais comentados da Libertadores é, sem dúvida, aquele em que está o atual campeão da competição Sul-Americana. Apesar disso, para o técnico do Alianza Lima Miguel Ángel Russo, é importante considerar os demais participantes.

Leia mais: Liga Espanhola usa rede social para destacar desempenho de mexicano
Defensor aciona a Conmebol por escalação irregular de ex-Boca na Libertadores

Durante entrevista, o comandante do time peruano mostrou descontentamento sobre o tratamento dispensado à sua equipe na competição. “Temos que esperar e jogar. Não gosto quando, logo de cara, dizem que não temos chances na Libertadores. Confio no meu trabalho e nos meus jogadores”.

No entanto, isso não impediu Ángel de exaltar o atual campeão da competição. “Falar do River é tecer elogios. É difícil e duro enfrentar, mas nada é impossível. É preciso saber jogar a Libertadores”.

Por fim, o comandante do Alianza Lima ainda falou sobre a expectativa para a estreia na fase de grupos da Libertadores. “Ir e jogar contra o campeão da América é bom, ainda mais sendo o primeiro jogo. Com um estádio cheio e tudo mais. Tudo que tem uma exigência maior é bom, pois nos ajuda a crescer”.

Garantido no Grupo A da Libertadores, o Alianza Lima recebe o River Plate em sua casa, na estreia da competição. Além das equipes, o Internacional já está com vaga assegurada no grupo. Os três times aguardam a definição do último concorrente, que está entre Palestino, Independiente Medellín, Talleres e São Paulo.