COMPARTILHAR
Foto: AFP

Volante da Juventus na época que Antonio Conte dirigiu a equipe italiana, Arturo Vidal marcou a carreira do atual técnico do Chelsea, que mesmo sem trabalhar com o chileno, não esquece sua garra dentro de campo.

Leia Mais: Internacional tenta última cartada para contratar volante do Sport
Veja quem encerrou a temporada como artilheiro de cada campeonato na América

“Preciso ser honesto, não deveria falar sobre jogador de outro clube, ainda mais quando não existe nenhuma negociação do Bayern com o Chelsea, mas Vidal é um jogador fantástico. O meu respeito por ele é incrível e guardo com carinho a nossa passagem pela Juventus”, afirmou em coletiva de imprensa.

Empolgado por lembrar a qualidade do jogador chileno, Conte emendou uma frase de efeito para definir o atleta: “Se tivesse que ir a uma guerra, escolheria ter o Vidal ao meu lado”, completou.

Caso se anime em ter o volante ao seu lado na Inglaterra, Conte precisa convencer o Bayern de Munique com uma bela quantia em dinheiro, algo em torno de 50 milhões de euros.

Revelado pelo Colo-Colo, Arturo Vidal chegou ao futebol europeu em 2007, quando foi contratado pelo Bayer Leverkusen. Após quatro anos na Alemanha, o chileno foi vendido a Juventus, da Italia e nos últimos três anos vestiu a camisa do Bayern de Munique.