Como já era esperado, o Colo-Colo não conseguiu reagir no Allianz Parque e deu adeus a Libertadores da América. Na entrevista coletiva, o técnico Héctor Tapia teve que dar explicações sobre a queda e valorizou seus jogadores.

Leia Mais: Valdivia analisa a queda do Colo-Colo: “O Palmeiras foi melhor”
Palmeiras derrota novamente o Colo-Colo e está na semi da Libertadores

“Ninguém gosta de perder, mas estou orgulhoso. Depois da dificuldade na fase de grupos, conseguimos reagir e o prêmio foi a vaga para o mata-mata. O grupo se esforçou ao extremo e isso me deixa satisfeito”, afirmou.

Talvez em seu pior momento à frente do Cacique, Tapia deixou claro que o time precisa reagir e foca no Campeonato Chileno, torneio que o Colo-Colo ocupa o modesto sexto lugar.

“Estamos fora da Libertadores e o jeito é concentrar as forças no Chileno. Nós temos alguns jogos e precisamos somar pontos se quisermos disputar algum torneio continental na próxima temporada. Vamos usar o exemplo da Libertadores, quando reagimos e deixamos a torcida orgulhosa”.

O Colo-Colo de Héctor Tapia e Cia volta a campo no próximo domingo, diante do Unión Española, no Monumental de Santiago.