COMPARTILHAR
tecnico-do-emelec-cobra-intensidade-da-equipe-independente-do-resultado-Futebol-Latino-12-03
Foto: Reprodução/El Universo

Após dois anos no comando do Emelec, o técnico Alfredo Arias está de saída. O uruguaio terá seu último compromisso à frente da equipe nesta quarta-feira contra o Flamengo, no Maracanã e quer encerrar sua trajetória de maneira positiva.

Leia Mais: Mauro Icardi deixa futuro em aberto na Inter de Milão
Técnico do Peñarol é ligado a clube do Oriente Médio

Na concentração do clube equatoriano, no Rio de Janeiro, Arias declarou que sente um pequeno cheiro de “Maracanazo”.

“Essa será a última partida que dirijo o Emelec. Foi uma decisão que tem vários fatores e variáveis (…) Não conheço o Maracanã. Para mim será uma sensação totalmente incrível. Em meu interior tem uma pequena luz que diz que podemos fazer outro Maracanazo”, disse o técnico.

Após quatro rodadas, o Emelec está na lanterna do grupo 4 e se quer pensar em vaga na próxima fase, o time equatoriano tem que vencer os dois jogos finais e torcer por tropeços de Flamengo e Santa Fe.

Rumo ao Chile

Ao que tudo indica, Alfredo Arias será o novo treinador da Universidad de Chile, que ficou sem técnico após a demissão de Ángel Guillermo Hoyos. Recentemente, durante entrevista à mídia equatoriana, o treinador revelou que sua prioridade é comandar o time chileno.

“A minha prioridade é dirigir a La U. É um desejo que tive desde quando atuei como jogador no Chile e estamos em negociações avançadas”, declarou.