COMPARTILHAR
Foto: Twitter Internacional

Na véspera do Gre-Nal 413, a tensão está a todo vapor nos dois clubes. Líder do campeonato e com a chance de eliminar o maior rival do torneio, o técnico Odair Hellmann cobra muita atenção dos jogadores Colorados.

Leia Mais: Seleção do Uruguai agenda amistoso contra o Uzbequistão
Confusão Ba-Vi: TJD aumenta pena de Kanu e suspende Vagner Mancini

“Não entra e não pode entrar. É tanta conta. Se, se, se… Nós não podemos pensar assim. Vamos jogar um clássico, é a última partida. Traçamos como objetivo chegarmos em primeiro. Se acontecer ali na frente, vamos ver. Primeiro é jogar para vencer. Não para acomodar nada. O Gre-Nal tem um tamanho muito grande naturalmente, mesmo que não tivesse os três pontos em disputa. Desde o início do ano, a gente tinha como objetivo ser primeiro dessa primeira fase. Para isso, precisamos jogar o Gre-Nal”, afirmou.

Com as possíveis voltas de Danilo Fernandes, William Pottker e Leandro Damião, o treinador faz mistério e prefere não dar nenhuma dica do time que vai a campo.

“Quando temos oportunidade de fechar os treinos não é pelo mistério, mas é para treinar alguma ou outra situação. São jogadores que estão fora, a gente precisa criar alternativas. Fechar nos dá mais liberdade para testar variações ou com estes que estão recuperando, que podem jogar ou não, ou para trabalhar outras variações com jogadores que por ventura estão à disposição para o Gre-Nal. Não dá para confirmar nada”, expressou.

Internacional e Grêmio se enfrentam neste domingo, a partir das 17h (horário de Brasília) e você acompanha tudo sobre o duelo no Futebol Latino.