COMPARTILHE
tecnico-do-iquique-esbanjou-sinceridade-ao-comentar-partida-contra-o-gremio-Futebol-Latino-11-04
Foto: Photosport

Ao contrário dos discursos mais comuns em duelos com diferenças técnicas e históricas mais latentes, o treinador do Iquique, adversário do Grêmio na noite de hoje (11) pela Libertadores, não foi em nada animador para os próprios visitantes.

Leia mais: Quatro clássicos “genéricos” que o futebol da América Latina pode proporcionar
Para comentarista, Luis Suárez é um jogador “comum” e tem qualidade inferior a Higuaín

Ao ser questionado a respeito de qual postura imaginava adotar para a partida que acontecerá às 21h45 na Arena Grêmio, Jaime Vera foi absolutamente direto e honesto com o que pensa do embate no Rio Grande do Sul:

“Vou ser muito sincero e não vou mentir: O jogo contra o Grêmio é um jogo onde não deixa opção para a gente. O Grêmio é uma equipe grande e nós estamos começando a conhecer a Libertadores e isso faz diferença. Não podemos nos comparar com o Grêmio de nenhuma maneira. Vamos ser rivais dignos e, se ganharmos, extraordinário, seria histórico, mas é muito difícil.”

Além da questão histórica, o duelo marca o encontro de duas equipes que estrearam de maneira distintas no Grupo 8 da Liberta. Enquanto o Iquique acabou derrotado por 1 a 0 mesmo jogando no Chile para o Guaraní, o tricolor gaúcho saiu do Estádio La Carolina, em Barinas, com três pontos na bagagem, tendo vencido na Venezuela o Zamora por 2 a 0.