Foto: Divulgação

Na próxima quarta-feira, o Peñarol vai ao Rio de Janeiro para encarar o Flamengo, em duelo válido pela Libertadores da América e o técnico Diego López tem problemas para escalar a equipe, já que os atacantes Gabriel Fernández e Estoyanoff estão machucados.

Leia Mais: Paulo Autuori pressionado no comando técnico do Atlético Nacional
Fénix toma a liderança do Peñarol no Campeonato Uruguaio

Na última coletiva antes da viagem, o treinador carbonero explicou a situação dos jogadores e não demonstrou muito otimismo em uma recuperação da dupla.

“Eles não estão bem. No caso do Lolo (Estoyanoff) é um desgaste muscular e preferimos segurar. Já Fernández está praticamente fora e vamos apenas realizar um exame antes da viagem para definir o que fazer. Acho difícil contar também”, afirmou.

Sobre o Fla, Diego López analisou a equipe de Abel Braga e dissertou sobre a mudança no esquema tático com o decorrer do jogo.

“É um time muito forte quando atua dentro de casa e possuí uma boa variação, pois começa no 4-2-3-1 e passa para um 4-3-3. Os dois volantes costumam sair bem para o jogo e explora bastante os lados do campo”, afirmou.