Foto: Divulgação/River Plate

Após dois dias intensos em solo paraguaio, o River Plate voltou para Buenos Aires garantido na semifinal da Libertadores da América. O adversário é nada mais, nada menos que o Boca Juniors, o seu maior rival.

Leia Mais: De saída do Monaco, Falcao García revela o seu novo time na Europa
Fim de semana tem pelo menos sete clássicos na América Latina

Além de toda a rixa entre os dois clubes, pesa a última decisão de Libertadores da América, quando os dois times se envolveram em uma grande polêmica devido aos acontecimentos com o ônibus do Boca Juniors, no Monumental de Núñez.

Na entrevista coletiva, o técnico Marcelo Gallardo preferiu colocar panos quentes nas polêmicas projetou um jogo equilibrado.

“Vamos respeitar o nosso adversário e nos preparar da melhor maneira possível. Que exista paz e vença o melhor ao longo dos 180 minutos. Não é a primeira vez que nos enfrentamos em momento decisivo e confio na minha equipe”, declarou.

Por fim, questionado sobre uma possível revanche Xeneize, Gallardo foi enfático. “Não existe uma comparação com o jogo do ano passado. Nós disputamos uma final de Libertadores e agora é semifinal”, finalizou.