SHARE
Quase-20-porcento-gols-latinos-oitavas-Champions-Futebol-Latino-25-02
Foto: Getty/Paul Gilham

Quem se acostumou a assistir o argentino Lionel Messi fazendo grandes partidas e fazendo história com a camisa do Barcelona nem imagina que, no que dependesse de um técnico italiano, o craque latino teria se transferido há muitos anos atrás para a Juventus.

Leia mais: Primeira vez que Messi fez três gols em um jogo foi há 10 anos
Arqueólogo solta o verbo contra Lionel Messi; Entenda
Após vexame, Barcelona cancela evento com Lionel Messi no Egito

O responsável por essa revelação que poderia mudar o destino de Messi no futebol foi o ex-atleta e hoje técnico Mauro Camoranesi em uma entrevista concedida pelo ítalo-argentino ao portal Goal.

De acordo com ele, já em 2005 Fabio Capello, na época comandante do clube de Turim, comentou sobre Lionel de maneira empolgada e fazendo uma previsão que se confirmaria nos anos seguintes:

“Na época, o Fabio Capello havia visto o Messi jogar e nós não. Ele havia notado que Messi era diferente. De repente, em algumas semanas, ele reuniu alguns jogadores e calhou de falarmos sobre Messi. Ele nos disse que o argentino seria um dos melhores do mundo. Isso era raro, até porque Capello não era muito de apostar em garotos por conta da pouca experiência.”

O que acabou atrapalhando a negociação foi o fato de que, percebendo o assédio italiano, a diretoria do Barça tratou de conversar melhor com o staff do argentino e conseguiu convencê-los de que o melhor para ambas as partes era a sua permanência na Catalunha.