SHARE
Foto: Aton

Sem técnico desde a saída de Juan Antonio Pizzi, a seleção do Chile ganhou mais um candidato para dirigir a Roja na Copa América 2019 e Eliminatórias Sul-Americanas. Trata-se de Guillermo Almada, do Barcelona de Guayaquil.

Leia Mais: Seleção dos EUA tem argentino como favorito a assumir o comando
“Boca Juniors x River Plate, o maior clássico do mundo”

De acordo com a mídia local, o uruguaio conversou com pessoas da ANFP para saber da situação e tentar apresentar seu projeto para os próximos anos. A ideia é assumir o comando da seleção a partir de janeiro, já que no momento, ele está focado em conquistar a Libertadores pelo time equatoriano.

Apesar do desejo de comandar o Chile, a Federação Equatoriana ainda sonha com a sua contratação, porém, o uruguaio não tem o desejo de assumir a Tri.

Aos 48 anos de idade, Guillermo Almada tem dois títulos em seu currículo. Em 2012, ele conquistou o torneio de Preparação com o River Plate, do Uruguai. Ano passado levantou a taça do Campeonato Equatoriano com o Barcelona.

Vale lembrar que, além de Almada, outros nomes surgem como possibilidade para treinar o Chile, como, por exemplo, Manuel Pellegrini, Marcelo Gallardo e Eduardo Berizzo.