SHARE
tentando-aprontar-novo-venezuela-recebe-uruguai-Futebol-Latino-04-10
Foto: AFP

A situação matemática da Venezuela não conseguir se classificar a Copa do Mundo do ano que vem já é uma realidade vivida pela Vinotinto há algum tempo. Porém, na última rodada, isso não impediu de, em plena Buenos Aires, a equipe empatasse com a Argentina por 1 a 1.

Agora, a oportunidade de mais uma vez atrapalhar a vida de um sul-americano campeão mundial surgiu para os comandados de Rafael Dudamel no confronto com o Uruguai em San Cristóbal amanhã (5) às 18h.

Já para a Celeste, o valor de um triunfo contra os venezuelanos não poderia ser maior. Vice-líder das Eliminatórias com 27 pontos, basta uma vitória por qualquer placar para definitivamente se colocar no Mundial da Rússia sem precisar se preocupar com qualquer outro resultado.

A maior dúvida dos visitantes seria com relação a Martín Cáceres, que ainda se ressente de dores no ombro esquerdo por choque defendendo a sua equipe, o Hellas Verona (Itália) e será avaliado até a hora do jogo para se ter mais precisão da sua real condição médica.

Nos donos da casa, a volta de mais destaque certamente será a do volante Tomás Rincón, do Torino, que estava suspenso contra os argentinos e está a disposição de Dudamel.

Prováveis escalações:

Venezuela: Wuilker Fariñez; Victor García, Jhon Chancellor e Mikel Villanueva; Rolf Feltscher, Tomás Rincón, Arquímedes Figuera, Jhon Murillo e Yangel Herrera; Josef Matínez e Salomón Rondón.

Técnico: Rafael Dudamel.

Uruguai: Fernando Muslera; Maximiliano Pereira, José María Giménez, Diego Godín e Gastón Silva; Nahitan Nández, Federico Valverde, Mathías Vecino e Cristian Rodríguez; Luis Suárez e Edinson Cavani.

Técnico: Óscar Tabárez.