SHARE
Foto: Reprodução Youtube

*Por José Dias Sorriso

O Boca Juniors já começa a traçar os planos para a próxima temporada. O clube trabalha em busca de nomes que chegariam como reforços. O bola da vez, que vem sendo ventilado pela imprensa argentina, é o experiente atacante Ignacio Piatti, de 31 anos.

Leia Mais: Firmino pode ficar fora de jogo decisivo por dirigir embriagado, diz site

Brasileiros brilham em título do Querétaro no México

O jogador seria uma indicação do técnico Guillermo Barros Schelotto, que começou a se conformar com a possível perda de Tevez para o Shangai Shenhua, da China. Atualmente, Piatti defende a camisa do Montreal Impact, do Canadá – clube que disputa a MLS (Major League Soccer) – nos Estados Unidos.

No ano de 2014, o atacante sagrou-se campeão da Copa Libertadores da América, atuando pelo San Lorenzo – equipe comandada na época pelo atual técnico da seleção argentina – Edgardo Bauza.

As belas atuações na última temporada da Major League Soccer pelo Montreal Impact, quando o clube chegou na finalíssima da Conferência Leste, despertou o interesse de Guillermo Barros Schelotto, o indicando assim para a diretoria xeneize. Além do Boca Juniors, o próprio San Lorenzo, onde Ignacio Piatti fez história, estaria interessado em seu futebol.

O jogador que ainda tem um ano de contrato com o Montreal Impact, o que seria um dos obstáculos em uma possível negociação e consequentemente a sua volta a Argentina. Pelo clube que disputa a liga norte-americana, Ignacio Piatti realizou 36 partidas, marcando um total de 21 gols.

O presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, relatou à imprensa que fará um grande esforço para poder contratar o atacante. Além de falar sobre a busca por novos jogadores, o mandatário da equipe de Buenos Aires teceu vários elogios ao jogador Tévez. Segundo ele, o atleta é insubstituível e, que busca algumas peças com a intenção de fortalecer o elenco.

‘’Vamos fazer o melhor. Todo o esforço possível para contratar Piatti. Todo jogador que nos interessa fazemos isso. Vamos atrás. Já Tévez, é insubstituível. Vamos em busca de algo para fortalecer o nosso elenco. O nosso treinador está de férias, mas mantemos contato todos os dias. Estamos sempre estudando e temos em mente qual direção seguir’’, disse Angelici.