COMPARTILHE
Foto: Reprodução/YouTube

A eliminação do The Strongest diante do Lanús não foi necessariamente o ultimo ato da equipe boliviana quando o assunto é Copa Libertadores 2017.

Leia mais: Sede e estádio do River Plate são alvos de ameaça de bomba
Vela não fugiu da resposta sobre compatriotas que atuam em rival na MLS

Isso porque, segundo informações que foram repercutidas pelo portal Pasión Fútbol, o clube de La Paz apresentou uma reclamação formal a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) contestando uma possível inscrição irregular do atacante Lautaro Acosta.

No entanto, isso não foi o elemento que chamou mais a atenção no caso já que, como foi alegado pelo próprio responsável pela produção do protesto, a informação foi obtida escutando um rumor enquanto estavam nas dependências do estádio La Fortaleza, em Buenos Aires, a casa do Lanús.

Quem inclusive confirmou esse dado foi o secretário-geral do The Strongest, René Villegas, em declaração dada ao periódico em questão:

“No dia da partida houve um rumor no estádio do Lanús de que Acosta não estava habilitado, foi nisso que se baseou essa nota.”

A situação, caso seja acatada e passível de investigação, ganha um tom ainda mais dramático pelo fato de que Lautaro já defende a equipe Granate há quatro temporadas, período onde o Sevilla (Espanha) teria enviado a documentação para regularizar o atleta no clube argentino.