Foto: Divulgação

O Tigres é o primeiro finalista da Concachampions. Após vencer a ida por 3 a 0, o time comandado por Tuca Ferreti perdeu do Santos Laguna por 3 a 2, mas devido a ótima vantagem obtida no primeiro encontro ficou com a vaga.

Leia Mais: Grêmio bate Rosario Central e continua vivo na Libertadores
De virada, Libertad vence Católica no Chile e carimba vaga

Agora, os Felinos aguardam o vencedor de Monterrey e Kansas City, que se enfrentam nesta quinta-feira.

O duelo

A missão do Santos Laguna que já era difícil antes de a bola rolar, ficou pior ainda aos 11 minutos. Enner Valencia recebeu em velocidade, driblou o goleiro e tocou para o fundo das redes, 1 a 0 Tigres.

Diante de um adversário abatido, o Tigres deitava e rolava. Aos 19, Quiñones saiu na cara do goleiro e carimbou o poste. Pouco depois, o atacante fez nova jogada individual, deixou o marcador na saudade e estufou o fundo das redes, 2 a 0.

Na bola parada, o Santos Laguna diminuiu. Furch aproveitou que Guzmán bateu cabeça na hora de afastar e na sobra mandou para dentro do gol.

No segundo tempo o time da casa pressionou de todos os jeitos e chegou ao empate na casa dos 14 minutos. Em novo cruzamento, Furch desviou com o pé e fez a festa das arquibancadas.

Na base da pressão, a virada do Santos Laguna veio com Contreras. Novamente Guzmán falhou na bola área e deixou a bola quicando na pequena área. O atacante só teve o trabalho de empurrar e comemorar, 3 a 2.

No último minuto o Santos Laguna teve a chance do quarto gol, mas Correa acertou o pênalti no travessão.