Na temporada 2018/2019, o Elche chega com moral elevado já que, no último biênio, a equipe conseguiu subir do terceiro patamar nacional para o último estágio antes da badalada La Liga chegando a semifinal da Segunda B.

Leia mais: Keylor Navas fala sobre o futuro no Real Madrid
Diego Godín recusa oferta milionária do Manchester United, informa TV

Logo na sua apresentação como reforço de criação para o clube europeu, o meia venezuelano Alexander González fez questão de elogiar bastante a importância da equipe no cenário espanhol, peso esse que teria o feito recusar outras ofertas em detrimento de defender o Elche.

“Tinha ofertas, mas me decidi pelo clube pelo seu projeto e seu profissionalismo. Me sinto como na Primeira (divisão)”, analisou o jogador de 25 anos de idade revelado pelo Caracas.

Em relação aos objetivos que os Franjiverdes buscarão dentro da LaLiga 1|2|3, González pontuou que a análise feita inicialmente era de garantir a permanência na segundona. Porém, citando o exemplo do Huesca que ele mesmo defendeu, ele não descarta a chance do clube chegar a uma sonhada ida a primeira divisão:

“Vamos buscar a permanência, chegando o quanto antes aos 50 pontos. Porém, o primeiro objetivo do Huesca também era somente a salvação.”