cronica-fl-presos-libertadores-Futebol-Latino-26-02
Foto: Divulgação/Conmebol

O futebol sul-americano ganhou uma novidade na noite desta segunda-feira. A Libertadores pode ganhar a presença dos times mexicanos e norte-americanos a partir de 2020, segundo a ESPN dos Estados Unidos.

Leia Mais: Kempes ataca Maradona: “Cada vez que abre a boca, é problema”
Carlos Lampe sofre críticas pesadas em programa de TV argentino

De acordo com a informação do jornalista Alejandro Etcheverry, a Conmebol iniciou as conversas e uma das principais discussões é referente ao número de vagas. Ainda não se sabe se a competição será inchada ou se os sul-americanos irão perder algumas vagas.

Caso a negociação avance e tudo seja acertado, a Libertadores terá pela primeira vez os times dos Estados Unidos. Os mexicanos competiram de 1998 até 2016, mas por conta do novo calendário da Conmebol, no qual esticou a competição, preferiram deixar o torneio.

Apesar da boa vontade comercial de todos os lados, se mexicanos ou norte-americanos conquistarem a Libertadores, não devem representar a América do Sul no Mundial de Clubes. A vaga ficaria com o melhor sul-americano.