COMPARTILHAR
Foto: River Plate - Divulgação

A CONMEBOL anunciou na última sexta-feira, que mudou o regulamento da Taça Libertadores e autorizou os times mexicanos a sediarem as partidas de volta da final da competição. Vale lembrar que as equipes astecas disputam o torneio há 20 anos e sempre que chegam a decisão, a partida final é na América do Sul.

Leia Mais: CONMEBOL define a escala de árbitros para os jogos da Sul-Americana
Identificado com o Santos, Neymar revela que atuaria por outra equipe no Brasil

Durante esse período, o México chegou à final do principal torneio de continente em três oportunidades. Em todas, Cruz Azul (2001), Chivas Guadalajara (2010) e Tigres (2015) decidiram fora de casa e foram derrotados.

Apesar desta mudança, a CONMBOL notificou a Liga MX que os clubes mexicanos não poderão representar a América do Sul no Mundial de Clubes da FIFA, caso eles conquistem a Libertadores. Se o time do México vencer a competição, o vice-campeão será o representante sul-americano no torneio.

Confira um trecho do comunicado:

“A Federação Mexicana de Futebol e a Liga MX puderam dar um passo adiante na história ao serem notificados que o Comitê Executivo da Conmebol aprovou que a partida de volta seja disputada no México”, afirmou a Federação em comunicação.