COMPARTILHE
Foto: Divulgação

Se certamente havia alguém que estava confiante na capacidade de seu arqueiro era o técnico o Barcelona de Guaiaquil, Guillermo Almada. E o mesmo fez questão de comentar sobre o tema na coletiva após a classificação nas penalidades diante do Palmeiras.

Leia mais: Nos pênaltis, Barcelona elimina Palmeiras e aguarda próximo oponente brasileiro
Grêmio sai atrás no marcador, bate Godoy Cruz e passa de fase na Libertadores

Segundo o treinador uruguaio, o bom desempenho em todos os treinamentos do fundamento não só de Maximo Banguera como dos outros jogadores fizeram com que ele pudesse crer a cada momento mais na qualificação as quartas da Libertadores:

“Eu disse a eles que tinham de ter confiança nas cobranças de pênaltis porque praticamos isso nos treinamentos. Eu disse a Maximo que defenderia dois pênaltis e nós levamos uma classificação sofrida, mas merecida.”

Apesar da importância do feito, o técnico da equipe de Guaiaquil citou que é preciso também já mudar o foco para a partida do Segunda Etapa onde, no próximo domingo (13), a equipe amarela duelará fora de casa contra o Clan Juvenil:

“Temos que desfrutar o quanto for possível e já amanhã analisaremos qual será o rival que vamos enfrentar. No fim de semana temos uma partida pelo campeonato (equatoriano) e precisamos focar nisso.”

O oponente nas quartas do Barcelona de Guaiaquil sairá do embate entre Santos e Atlético-PR que ocorrerá na Vila Belmiro. No enfrentamento de ida, triunfo santista por 3 a 2 em Curitiba.