COMPARTILHE
Foto: Getty Images

*Danilo Moreira – Colaborador do Futebol Latino

O treinador Guillermo Barros Schelotto, do Boca Juniors, foi atacado verbalmente por torcedores do River Plate enquanto diria seu automóvel pelas de Buenos Aires. Um dos hinchas que insultaram o treinador filmou a cena e divulgou nas redes sociais.

Durante a entrevista coletiva, o comandante Xeneize comentou sobre o fato e não deixou barato a provocação. “Tudo foi muito engraçado. Eram três rapazes subdesenvolvidos, homens grandes. Atravessaram a rua e vieram me atacar. Acredito que a rivalidade existente é enorme e mexe muito com a paixão, mas tudo tem um limite”, declarou.

Leia Mais: Jorge Sampaoli se despede do Sevilla para assumir a ArgentinaConmebol pune Peñarol com multa e uma partida sem torcida

Schelotto seguiu falando sobre o ocorrido e fez um paralelo com a situação da sociedade argentina: “Nós vivemos em um país de muita paixão, muito extremismo e de muita agressão. Muitas vezes dizem que somos um país subdesenvolvido e quem faz o país são as pessoas que o habitam. Temos que saber viver com as pessoas que tem o comportamento subdesenvolvido”, encerrou.

Esse fato ainda é reflexo do superclássico de domingo que terminou com a vitória do River Plate sobre o Boca por 3 a 1.