COMPARTILHAR
um-mexicano-ja-esta-confirmado-no-mundial-de-clubes-em-2017-Futebol-Latino-06-04
Foto: Darryl Dyck/The Canadian Press

A notícia até parece repetida, mas não é. Novamente, as equipes mexicanas conseguiram mostrar todo o seu poderio futebolístico na região das Américas Central e do Norte e farão uma decisão “caseira” na Liga dos Campeões da CONCACAF.

Leia mais: Jogador brasileiro conta sobre os costumes e momento positivo no Bahrein
Sem muito esforço, Flu bate o Liverpool no Rio de Janeiro

Na última terça (4) e quarta-feira (5) foram disputados os jogos de volta do principal torneio local e, com níveis diferentes de dificuldade, Pachuca e Tigres conseguiram superar, respectivamente, Vancouver Whitecaps e FC Dallas.

Tendo vencido o jogo de ida por 2 a 1 nos Estados Unidos, o Dallas saiu perdendo antes de ontem contra os mexicanos graças a Franco Jara e viram a vaga escapando com o placar aumentado através do meia-atacante Hirving Lozano.

O atacante paraguaio Cristian Colmán bem que tentou salvar a passagem dos estadunidenses marcando aos 41 minutos do segundo tempo, mas, já nos acréscimos, novamente Lozano balançou as redes e garantiu no apagar das luzes a vaga do Pachuca.

Enquanto o seu adversário sofreu bastante, o Tigres teve uma passagem mais tranquila. Mesmo atrás do marcador com o tento de Brek Shea para os canadenses logo aos três minutos de jogo, André-Pierre Gignac e Damián Álvarez trataram de neutralizar as chances do oponente em criar alguma “surpresa” na decisão da Concachampions.

As partidas da finalíssima para decidir quem será o representante da CONCACAF no Mundial de Clubes em 2017 acontecerão nos dias 18 e 25 de abril.