COMPARTILHE
Universidad-Chile-Corinthians-Copa-Sul-Americana-Futebol-Latino-10-05
Foto: Arte Futebol Latino

Fora de casa, o Corinthians sofreu, mas conseguiu avançar na Copa Sul-Americana. O Alvinegro que já tinha vencido no primeiro jogo, voltou a derrotar a Universidad de Chile, agora por 2 a 1. Os gols do Timão saíram através de Jadson e Rodriguinho. Pelo lado chileno, Mora descontou.

Leia Mais: Raçudo, Nacional é premiado com uma vaga na próxima fase da Copa Sul-Americana
River Plate perde 100%, mas garante vaga na próxima fase da Libertadores

O jogo

Em busca de três gols para reverter a vantagem do Corinthians, a Universidad de Chile partiu para cima desde o início. O time de Guillermo Hoyos explorava muito as jogadas pelas laterais e assustava o Corintians nos cruzamentos.

Por outro lado, a zaga do time chileno ficava muito exposta e apenas três defensores tentava segurar os contra-ataques do Timão.

Aos 36 minutos o Corinthians abriu o placar com Rodriguinho. O meia recebeu a bola na intermediária e bateu forte sem chances para Herrera, 1 a 0.

Segundo Tempo

Hoyos promoveu a entrada do experiente David Pizarro e o camisa 8 melhorou a produção da Universidad de Chile. Com passes rápidos e chutes de fora da área, a equipe apertava ainda mais o Alvinegro.

Assim como na etapa inicial, a La U cedia espaços na defesa e o Corinthians ampliou com Jadson. Rodriguinho foi travado pela zaga e Jô tocou para o camisa 77 só empurrar para as redes, 2 a 0.

Apesar do baque sofrido, a torcida não parou de cantar nas arquibancadas e manteve o time disposto lá na frente.

Na casa dos 19 minutos o gol chileno. Beausejour apareceu pela esquerda e cruzou na medida para Mora, que finalizou e venceu Cássio, 2 a 1.